SEJA UM OFICIAL DA MARINHA MERCANTE DO BRASIL

 

A Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante - EFOMM é uma Universidade do Mar, um centro de referência para a formação de Oficiais da Marinha Mercante altamente qualificados, não só do Brasil, mas também para jovens cujo país de origem não tenha uma Escola de Marinha Mercante, ou para jovens cujo país de origem possua intercâmbio de alunos, como Peru, Panamá, Equador, República Dominicana, etc. O Brasil atende como referência para a América Central, América do Sul e Parte da África. Isso atesta o nível de capacitação profissional a que o Oficial brasileiro se lança no mercado.

Na EFOMM são formados Oficiais em duas opções de curso: o de Náutica e o de Máquinas. Tanto no curso de náutica quanto no de máquinas, os alunos estudam na Escola em regime de internato durante 4 anos, sendo que ao longo do curso são realizados três diferentes períodos de embarque a bordo de navios mercantes nacionais.

O primeiro embarque ocorre quando o aluno está terminando o primeiro ano letivo, o qual é básico (unificado) para todos os alunos do primeiro ano; e serve para que o aluno faça a escolha do curso de sua preferência dentre as opções existentes. Este é o chamado estágio vocacional com duração de no máximo 3 a 4 semanas. 

O segundo embarque é realizado no primeiro semestre do terceiro ano letivo, denominado Período de Instrução no Mar (PIM). Este estágio tem duração de 180 dias (seis meses), e visa a familiarização dos alunos à rotina de bordo, além de ser o primeiro grande desafio prático para o aluno no que diz respeito ao cumprimento de tarefas pré-determinadas pela Escola, e que serão supervisionadas a bordo por um Oficial designado para o acompanhamento dos alunos.

O terceiro estágio ocorre no segundo semestre do quarto ano, logo após a formatura dos alunos (que ocorre no meio do quarto ano, quando são declarados Praticantes-Alunos), e também tem a duração de 180 dias. Nesse estágio, o Praticante realiza um trabalho escrito sobre o navio em que está estagiando. Este trabalho é fundamental para o aprimoramento do futuro Oficial, que estará se formando ao final daquele período, quando retornará à Escola e receberá sua carta de Segundo Oficial de Náutica ou de Máquinas.

Ao terminar o curso, o aluno será declarado Bacharel em Ciências Náuticas (curso de nível superior), e passará a integrar o Quadro de Oficiais da Reserva não remunerada da Marinha do Brasil, no posto de 2º Tenente.

Retornar à página principal